Chegando lá.

Este blog tem o objetivo de aproximar-me mais de você amigo blogueiro e através do mesmo compartilhar idéias, artigos interessantes, fotos, poemas e pensamentos. Desde já agradeço pelo teu prestígio, companhia e comentários. Sejam Bem Vindos!



quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

CORAL JARDIM DAS NOGUEIRAS, 87 ANOS DE LOUVOR EM JOÃO PESSOA

A Assembléia de Deus, por ser uma igreja centenária, tem alguns de seus coros bem antigos. Como já vimos em histórias anteriores, alguns corais já estão com 83, 84 e até 90 anos de atividades.

O Coral Jardim das Nogueiras, órgão oficial e um dos mais destacados grupos musicais do Templo Central da Assembléia de Deus em João Pessoa (PB), é um dos mais antigos corais de nossa denominação. A igreja na capital paraibana é liderada pelo dinâmico pastor José Carlos de Lima.

O sugestivo nome "JARDIM DAS NOGUEIRAS" foi retirado do texto bíblico baseando no livro de Cantares 6:11 - "Desci ao jardim das nogueiras, para ver os frutos do vale, a ver se floresciam as vides e brotavam as romãzeiras".




No dia 14 de setembro de 1929, por iniciativa do então líder da AD em João Pessoa, Pastor Cícero Canuto de Lima, reuniu-se um grupo de irmãos, sob a liderança da irmã Ester Chaves de Lima (esposa do pastor Cícero), também conhecida como irmã Tércia, que era musicista, organista, com o objetivo de formar um coral. O primeiro hino a ser apresentado o qual encheu de alegria os irmãos paraibanos, foi "OS FILHOS DE SIÃO", o de nº 53 do "Cantor Cristão.

Por razões diversas a maestrina Tércia não pôde continuar na regência do coral, e aí seguiu-se um fato curioso. O coral que anos depois recebeu o nome de "Coral Jardim Das Nogueiras" não podia mais parar. Foi então convidado para dar prosseguimento ao desenvolvimento do coral, um homem católico de nome João Guilherme, o qual era músico, maestro e professor de música, e que atuava na vizinha Igreja do Rosário. Porém, este senhor, foi um instrumento nas mãos de Deus na formação de outros músicos que deram continuidade ao trabalho. E pouco tempo depois, o professor ao sair deixou como regente o irmão Severino Farias, que permaneceu no cargo por 21 anos. Após o afastamento de Severino, foi designado como regente o saudoso maestro José Aprígio, o qual também foi usado por Deus na formação da Banda de Música, hoje denominada "Filarmônica Pentecostal". Mais tarde José Aprígio, foi consagrado ao ministério e designado para pastorear igrejas.

Os outros irmãos que atuaram na regência foram: José Evangelista (1956 a 1980); José Teófilo, também um dos regentes da banda, compositor e arranjador; Noel Evangelista; Josué Jacinto; Paulo Evangelista (por 8 anos); o presbítero Joelson Raulino (bacharel em música e arranjador), foi regente por 9 anos, mas também foi consagrado ao ministério e enviado ao campo.

O Coral Jardim Das Nogueiras, que no ano de 2015 contava com 80 componentes, tem como atual maestro o diácono Carlos Antonio da Silva, o qual assumiu a regência em março de 2009 e vem realizando um excelente trabalho à frente do grupo, sempre se preocupando com a parte técnica vocal e espiritual dos componentes, além de uma visível ampliação no repertório.

Que o Senhor continue abençoando grandemente ao coral bem como ao querido irmão e amigo, maestro Carlos Silva Silva.

Fonte: baseado no histórico lido durante o 85º aniversário do coral.



Crentes reunidos em frente ao Antigo Templo-Sede da AD em João Pessoa - PB


Coral Jardim das Nogueiras, com o Pastor José Carlos de Lima, Maestro Carlos Silva e o maestro auxiliar

Coral Jardim das Nogueiras cantando o hino "GRANDE PROMESSA"


Nenhum comentário:

Postar um comentário