Chegando lá.

Este blog tem o objetivo de aproximar-me mais de você amigo blogueiro e através do mesmo compartilhar idéias, artigos interessantes, fotos, poemas e pensamentos. Desde já agradeço pelo teu prestígio, companhia e comentários. Sejam Bem Vindos!



domingo, 15 de janeiro de 2017

VOZES CELESTE, UM CORAL VITORIOSO EM MOSSORÓ

Com o objetivo de conhecermos a origem dos corais evangélicos brasileiros, especialmente os da Assembleia de Deus, compartilho com os amigos, coristas e regentes a história do Coral "VOZES CELESTE", da AD em Mossoró (RN), que está sob a liderança atual do Pastor Francisco Cícero de Miranda. Um coral de uma importante igreja potiguar, que tem enfrentado algumas dificuldades ao longo de sua trajetória de 74 anos, completados em 17 de dezembro de 2016, mas apesar de tudo continua de pé, firme no propósito de apresentar ao Senhor um perfeito louvor.



Não há registro do primeiro grupo de irmãos ou irmãs, que tenham se unidos para o louvor coletivo. Um dos conjuntos musicais mais antigos da igreja central era o de senhoras, denominado “Jardim das Nogueiras”, no entanto, na gestão do pastor Luís Chaves, no ano de 1942, dois irmãos da AD em Pernambuco, se mudaram para Mossoró, a fim de trabalhar como guardas da Malária, sendo eles: João Correia e João Rodrigues. Em um dos cultos, foi dada a oportunidade para que o irmão João Correia louvasse ao Senhor, acompanhado do violão pelo irmão Edgar. Como eles iriam morar em Mossoró por um tempo, Correia pediu ao pastor para ter uma pequena conversa com a mocidade após o culto, e nessa reunião, os jovens foram convidados para formarem um coral. Os Jovens não sabiam do que se tratava pois ainda não tinham ouvido falar neste termo, depois que o mesmo explicou que seria um grupo musical de quatro vozes, o entusiasmo tomou conta dos jovens. Logo começaram os ensaios. Era uma festa. Orava-se uma hora antes, e o poder de Deus tomava conta do ambiente.

Para melhor organização da festa de inauguração do coral, e aproveitando o grande entusiasmo em que se encontravam, um dos jovens que trabalhava em uma oficina mecânica, teve a ideia de confeccionar placas metálicas com os nomes das quatros vozes que compõem um coral (SOPRANO, CONTRALTO, TENOR e BAIXO). Também um dos jovens ficou responsável para cuidar do brilho das letras, as moças se comprometeram de bordar à mão uma passadeira, que ia da porta do templo até o púlpito onde os componentes passariam. Outra grande iniciativa, foi a realização de uma vigília e no primeiro culto de oração após aquela vigília quase todos os componentes do coral foram batizados com o Espírito Santo. Depois do ensaio e preparo dos 3 primeiros hinos para inauguração, o tão esperado dia chegou era 25 de dezembro de 1942, dia do Natal. Era a coroação dos esforços daqueles simples irmãos. O primeiro Hino cantado pelo Coral foi "CANTAI", 278 do Cantor Cristão (aquele que começa com a letra: "O meu coração sofredor...), isso, em meio a uma verdadeira apoteose espiritual.
O coral ainda cantou mais dois hinos: "SAUDAI EMANUEL" (59 do Cantor Cristão e o conhecido "MARAVILHOSA GRAÇA". Na ocasião da estréia do coral, a sogra do Pastor Diomedes, a irmã Francisquinha Rola dizia que o coral quando cantava, parecia um coral de anjos, daí Surgiu o nome "VOZES CELESTE".

O Tempo passou e outros irmãos assumiram a regência do coral e Deus abençoava grandemente este trabalho. A partir da década de 60 com a chegada a Mossoró do amado pastor Manoel Nunes da Paz, o coral passou a ser um grande auxiliar na obra missionária. Já sob a regência do maestro Levi Santana, o grupo percorria todo oeste do Estado, cooperando com os cultos relacionados com a Obra Missionária, e em festividades em que era convidado. Com a transferência do maestro Levi para a capital, o grupo passou por momentos difíceis, sem ensaios, e até passou um período sem se apresentar. Em 1974 o Pastor Manoel Nunes formalizou o convite a irmã Norminha, para assumir o desafio. Ao aceitar de imediato o convite, ela se sentiu na responsabilidade de se preparar melhor. Começou a estudar música, com mais dedicação e com o tempo o coral voltou a atuar com maior intensidade, nos eventos evangelísticos da igreja e também culturais da cidade.

No ano de 1992, sob a direção do Pastor João Gomes da Silva, o Coral Vozes Celeste realizou festivamente o seu Jubileu de Ouro, contando com a presença do pastor Manoel Xavier, um dos primeiros componentes e que na ocasião servia como pastor em São Paulo,. Outros ilustres ex-componentes do coral se fizeram presentes, entre os quais o pastor João Praxedes, Pr. José Basílio (ex-regente), Arnon Santana (ex-regente), Pr. João Gomes (ex-componente), irmã Dilma Nunes (ex-componente) entre outros. Naquela ocasião o coral contava com 65 componentes. Além disso, houve a participação do Coral Jovem Beth Shalom, da AD em Cabedelo (PB), regido na época pela jovem, Léia Santana Prexedes.

O Coral seguia sua trajetória até que no ano de 1999, sofreu um grande golpe em sua historia, quando o Senhor recolheu a maestrina Norminha. Infelizmente, o coral voltou a ter problemas em suas atividades. Para continuar atuando, alguns irmãos deram suas contribuições, tais como: Dedivaldo Nascimento, Cláudio, Katerine Alves, Evangia, e Hulda Nunes.

NOVA FASE DO VOZES CELESTE

Em 2015, o irmão Isac Oliveira deixou a liderança do Ministério Infantil e colocou no seu coração o desejo de reativar o Coral Vozes Celeste, que estava em mais um período difícil de sua trajetória e assim permanece na regência do mesmo. Na comemoração dos 74 anos, o coral contava com 33 componentes, entre eles o pianista Elisac Régis e a solista Vitória Régis.

Fonte: Blog do Coral Vozes Celeste:
http://coralvozesceleste.blogspot.com.br/



                  Coral Vozes Celeste da AD em Mossoró - RN (Década de 1950)



                                 Coral Vozes Celeste, na década de 1960


                                             Coral na década de 1960


      Coral Vozes Celeste, apresentando no Templo Central na década de 1960



          Coral Vozes Celeste e Banda regidos pelo Maestro Levi Santana


                   Na festividade do Jubileu de Ouro do Coral Vozes Celeste, em 
                novembro de 1992, as irmãs Santana. Regente Norminha Santana


             Apresentação do Coral Vozes Celeste no Culto de Colação de Grau 
                                      do Pastor Martim Alves da Silva

                                      Coral cantando o hino "SE MAIS EU PUDESSE" 

Nenhum comentário:

Postar um comentário