Chegando lá.

Este blog tem o objetivo de aproximar-me mais de você amigo blogueiro e através do mesmo compartilhar idéias, artigos interessantes, fotos, poemas e pensamentos. Desde já agradeço pelo teu prestígio, companhia e comentários. Sejam Bem Vindos!



sexta-feira, 10 de março de 2017

CORO MISTO DA CATEDRAL EVANGÉLICA DE SÃO PAULO

Tive a oportunidade e o privilégio de contar algumas histórias de corais evangélicos neste importante espaço de nossa rede social que muitas vezes é usada para mediocridades, porém, resolvi que ela pode ser muito bem usada para coisas boas, como a divulgação da música sacra.

Até o momento pudemos conhecer a trajetória de vários corais da Assembléia de Deus. Entretanto sabemos que os corais evangélicos no Brasil tem a suas origens desde o século 19, quando as igrejas mais tradicionais como Batista, Metodista e Presbiteriana foram implantadas em solo brasileiro. Sendo assim, quero compartilhar hoje, a história do Coro Misto da Primeira Igreja Presbiteriana Independente de São Paulo (a famosa Catedral Evangélica de São Paulo), a qual desde 2010 está sob o pastorado do Rev. Valdinei Aparecido Ferreira.



O Coro Misto da Catedral Evangélica de São Paulo iniciou suas atividades como grupo litúrgico da Primeira Igreja Presbiteriana Independente de São Paulo em 1887, tendo trabalhado ininterruptamente desde então. O Coro mantém participação constante nas atividades litúrgicas da igreja e também atua em projetos para a divulgação da música sacra através de concertos, gravações e outros eventos. Grupo marcante para a história musical dos evangélicos no Brasil, o Coro da Catedral Evangélica é uma referência musical entre as igrejas protestantes no país. Os ensaios são às quintas-feiras, às 19h00.

Diversos regentes e organistas tem emprestado a sua valiosa colaboração a este coral. A partir da Missionária Mary Parker Descamb (1842-1917) pode-se enumerar os nomes de Antônio Sebastião de Miranda, Felicíssima de Souza Barros, Jairo Bueno, Leonor Magalhães Stewart, José Del Nero, Francesco Murino, Juventino Amaral, Carlos Purgailis, Arvido Leiasmeier, Martin Braunwieser, Martha Faustini, Nilce do Val Galante, João Wilson Faustini, e mais recentemente os maestros Carlos Eduardo Vieira, e Dorotea Kerr .

Através de todos esses anos de ininterrupta atividades, o coral tem incluído em seu repertório, obras dos mais famosos compositores, desde os pré clássicos até os de nossos dias, sobretudo aqueles que compõem a verdadeira música sacra. Durante a sua trajetória o coral já apresentou diversas cantatas de Bach, cantatas de Buxtehude, o Messias (de Handel) e outras importantes obras. Interessante é notar que todas essas obras foram traduzidas para o português pelo maestro João Wilson Faustini.

Além de participar de todos os trabalhos regulares da igreja, o coral fez diversas viagens se apresentando nas igrejas pelo interior paulista e teve inúmeras atuações em festivais de corais, no Teatro Municipal de São Paulo e na Televisão.

O Coro Misto da Catedral Evangélica de São Paulo, continua firme no propósito de apresentar em suas audições tanto na igreja como nos eventos especiais o melhor da música sacra e erudita. A música tem grande importância nos cultos da Catedral. No culto matutino, predomina a música tradicional, com coros e órgão de tubos. No culto vespertino, o louvor está sob a condução do Ministério de Música Contemporânea, com participação de banda e instrumentistas convidados. Entre os vários pianistas e organistas que tem atuado na catedral destacamos os nomes de: Nelson Silva, Elciléa Azzolini Cavalcante e Luiz Otávio do Carmo.

Caso alguém se interessar em conhecer o coral e a Catedral Evangélica de São Paulo, entre em contato com a mesma na Rua Nestor Pestana, 152 - Consolação - São Paulo (SP) ou acesse o site da igreja:http://www.catedralonline.com.br/


ANEXOS:

                  Capa do LP gravado na década de 1960 pelo Coral Misto da Catedral 


                                    Nave da Catedral Evangélica de São Paulo




                                   Coro Misto da Catedral Evangélica de São Paulo  


             Órgão "Austim" (1700 tubos, 27 registros e 2 manuais) fabricado em 1911 nos EUA


                    Coro Misto cantando "SANCTUS" (Santo é o Senhor) de Charles Gounod 

Nenhum comentário:

Postar um comentário