Chegando lá.

Este blog tem o objetivo de aproximar-me mais de você amigo blogueiro e através do mesmo compartilhar idéias, artigos interessantes, fotos, poemas e pensamentos. Desde já agradeço pelo teu prestígio, companhia e comentários. Sejam Bem Vindos!



segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Pastor ALCEBÍADES PEREIRA VASCONCELOS

Pastor, missionário, teólogo, escritor, jornalista, articulista dos periódicos da CPAD, líder das Assembléias de Deus, ex-presidente da Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil e representante da denominação na Conferência Mundial Pentecostal. 




Alcebíades Pereira Vasconcelos nasceu na cidade de Regeneração - Piauí, em 13 de dezembro de 1914, filho de João Pereira de Vasconcelos e Isabel Almeida de Vasconcelos. 
Aos 18 anos, na data de 26 de junho de 1933, em pleno vigor de sua juventude, aceitou a Jesus Cristo como seu Salvador, no pequeno templo da Assembléia de Deus em Dom Pedro - MA. Nove meses depois, recebeu o batismo com o Espírito Santo. Foi batizado nas águas em 24 de junho de 1934, pelo pastor João Jonas. Tendo grande desejo de servir a Deus, dedicou-se ao estudo das Escrituras, procurando adquirir melhor conhecimento teológico e cultural.
Alcebíades Pereira Vasconcelos começou a escrever artigos, comentários, exortações e estudos bíblicos a partir de 1934. Foi um dos maiores colaboradores do jornal pentecostal Mensageiro da Paz, além de ter sido diretor da Casa Publicadora das Assembléias de Deus, durante vários anos.
Aos 21 anos de idade, Alcebíades Pereira Vasconcelos foi consagrado evangelista, sendo consagrado ao pastorado na noite de 03 de março de 1938, pelo missionário Nels Julius Nelson, sendo ele o terceiro pastor a ser consagrado no estado do Maranhão.



Em 28 de outubro de 1939, casou-se com Necy Maia, com quem teve cinco filhos: Hurde-Ansira (falecida aos 11 meses), Habi- Ansy, Hulda-Ansy, Hadna-Ansy e Hiel Levi.

O pastor Alcebíades foi um dos que aceitaram as orientações do missionário Nels Nelson para que lessem bons livros e estudassem, pois dias viriam em que, com o desenvolvimento, muitos iriam sentir-se em apuros, ao lidar com crentes de um nível superior ao deles e com os conseqüentes problemas. Homem inteligente e corajoso que era recomeçou seus estudos quando pastor-presidente da AD em São Luís. Ele formou-se em jornalismo, estudou o inglês, hebraico, grego, a língua aramaica (falada por Jesus), para melhor se aprofundar nos antigos livros da Bíblia. Quando pastoreou a AD em São Cristóvão - RJ, deu aulas desses idiomas para os crentes interessados.
Grande foi a sua cooperação em algumas cidades deste país. Como pastor, trabalhou primeiramente em Colinas, Pau-de-Estopa, Dom Pedro, Coroatá, São Luís, no Estado do Maranhão; Parnaíba, no Piauí; Marabá e Belém, no Pará; Manaus - AM, no período de 29 de julho de 1949 a 31 de dezembro de 1952; e a AD em São Cristóvão – Rio de Janeiro – RJ. Pastoreou a igreja-mãe do Movimento Pentecostal, por dois períodos: 26 de junho de 1943 a 10 de janeiro 1946, como co-pastor do missionário Nels Nelson. De 06 de março de 1961 a 31 de dezembro de 1968, como pastor-presidente.
Durante a permanência do pastor Alcebíades nesta igreja aconteceram grandes realizações, dentre elas: Jubileu de Ouro em 1961; organização da Secretaria de Missões; recenseamento dos membros da igreja; aquisição do barco motorizado “Mensageiro I”; reforma do estatuto da Igreja; construção dos templos da Sacramenta, Telégrafo, Condor, Canudos e Matinha; construção do Abrigo Etelvina Bloise e reformas em outras casas de oração. É ainda desse período a compra da casa localizada na Avenida Governador José Malcher nº 1563, bem como a organização da União de Mocidade da Assembléia de Deus (UMAD) e a criação do jornal Estandarte Evangélico.

Com a ajuda do ministério local e da igreja, o pastor Alcebíades trabalhou com afinco e amor, ultrapassando todas as barreiras. Ele procurou mantê-la em um bom nível espiritual, doutrinando-a e procurando fortalecê-la com a Palavra de Deus. Ele permaneceu na liderança desta igreja até 31 de dezembro de 1968, depois viajando para o Rio de Janeiro, a fim de assumir o importante cargo de diretor do jornal Mensageiro da Paz, na Casa Publicadora das Assembléias de Deus (CPAD).
No início de fevereiro de 1952, ele recebeu do missionário Nels Nelson a responsabilidade do trabalho de campo da Amazônia e do Oriente Boliviano. Ele contava que, a caminho da igreja em São Luis - MA, onde pastoreava, no dia 05 de janeiro de 1953, Deus lhe falou claramente, chamando-lhe para exercer pela primeira vez o pastorado da Igreja Assembléia de Deus em Manaus.
No dia 19 de novembro de 1957, foi convidado para assumir o pastorado da Igreja em São Cristóvão - RJ, assumindo-o no dia 16 de dezembro do mesmo ano. No dia 11 de agosto de 1972, o pastor Alcebíades Pereira Vasconcelos assumiu novamente a presidência da Igreja em Manaus, à qual serviu fielmente durante 15 anos, nove meses e um dia. 
O pastor Alcebíades galgou diversos cargos na esfera das Assembléias de Deus e no meio evangélico em geral, passando a ser conhecido internacionalmente. Foi membro do Conselho Administrativo da CPAD, exerceu a função de Diretor de Publicações da mesma editora, integrou a diretoria da Sociedade Bíblica do Brasil, fez parte do Comitê Pró-Evangelização Mundial e representou o Brasil no Conselho Consultivo que organiza as Conferências Mundiais Pentecostais. Visitou os seguintes países: Suécia, Finlândia, Portugal, EUA, Israel, Egito, Grécia, Itália, China, Coréia do Sul, Tailândia, Índia e Japão. Eleito presidente da Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil, em Assembléia realizada na cidade de Salvador - BA, em janeiro de 1987, o pastor Alcebíades exerceu apenas pouco menos da metade do mandato, que terminaria em janeiro de 1990.
Na área literária, produziu nove livros: De Coração Para Coração; Atualidades da Promessa; Jubileu de Ouro da Assembléia de Deus em Belém; Miscelânea Doutrinária; Israel, Milagre do Século XX; Carta às Sete Igrejas da Ásia; Sinopse Histórica da Assembléia de Deus no Brasil; O Dízimo na História e Bíblia e Introdução à Teologia. Fundou o Instituto Bíblico das Assembléias de Deus no Amazonas (IBADAM)
e integrou o Conselho Diretor do Instituto Bíblico das Assembléias de Deus em Pindamonhangaba - SP (IBAD) e o Conselho Consultivo da Escola de Educação Teológica das Assembléias de Deus (EETAD).

O pastor Alcebíades Pereira Vasconcelos passou os seus últimos dias na CPAD, antes de baixar ao hospital para submeter-se a uma cirurgia. No vigor dos seus 73 anos, exerceu até o último instante as prerrogativas de presidente da CGADB, despachando processos, tomando decisões, não deixando, até mesmo, de escrever o seu último artigo, publicado já neste número, sobre se Deus pode ou não usar uma pessoa que vive em pecado. 
A doença não foi capaz de abater-lhe o ânimo e, dois dias antes de seu falecimento, sua alta estava prevista, tendo ele mesmo demonstrado desejo de retornar à Casa Publicadora, onde ficaria até o término do tratamento. Mas os planos de Deus eram outros. Dois dias depois aprouve ao Senhor levá-lo para sua glória, a fim de poupá-lo de mais sofrimento, isto se deu no dia 12 de maio de 1988.



Depoimentos na hora do sepultamento: 

  O pastor Alcebíades marcou indelevelmente a vida de nossa igreja. Sua gestão à frente da Mesa Diretora da CGADB sempre se caracterizou pela firmeza e seriedade. Com a sua morte, podemos repetir as palavras de Davi acerca de Abner: ‘Não sabeis que hoje caiu em Israel um príncipe e um grande?’ Foi realmente, uma perda irreparável para as Assembléias de Deus, mas as pisadas do homem de Deus jamais serão apagadas, servindo de exemplo para todos nós”. 


Pastor José Wellington Bezerra da Costa 
Presidente da CGADB

  
Sempre considerei o pastor Alcebíades um homem de Deus no meu caminho. Em 1946, quando eu era um jovem na mais completa obscuridade, ele veio ao meu encontro para dizer-me que Deus lhe havia revelado que eu deveria substituí-lo na parte mais longínqua do seu campo, no interior do Piauí, e eu o fiz. Tive a oportunidade de andar literalmente nos seus rastos, material e espiritualmente, sentindo o seu zelo pelo trabalho do Senhor e a sua abnegação e sinceridade, expressas em palavras e ações”.

Pastor Estevam Ângelo de Souza, 
À época, líder da AD em São Luís



O pastor Alcebíades viveu na sua época, mas teve uma visão bem ampla, sendo um grande entusiasta, principalmente na área educativa. Era membro do Conselho do IBAD e foi um dos pastores brasileiros que, desde os primórdios da Educação Religiosa, defendeu o ponto de vista de que o Obreiro deve ter um preparo para exercer esta função”.


Pastor João Kolenda Lemos 
Diretor do Instituto Bíblico das AD em Pindamonhangaba - SP



Sem favor nenhum, o pastor Alcebíades é um exemplo de vida, de fé, de trabalho, de estudo, pois foi um homem chamado por Deus, deixando em todos nós o melhor de todos os conceitos que alguém aqui na terra pode deixar. Para mim, foi uma honra trabalhar ao seu lado. Eu diria até mesmo que foi um presente do Senhor”

Pastor Samuel Câmara 
Vice-presidente da AD em Manaus-AM



ANEXOS:


Templo Central das AD em São Luís - MA,
uma das igrejas pastoreadas por Alcebíades Pereira Vasconcelos

Pastor Alcebídes como líder da AD em Belém do Pará
Templo Central das AD em Manaus - AM,
a última igreja liderada pelo pastor Alcebíades Pereira Vasconcelos







Nenhum comentário:

Postar um comentário