Chegando lá.

Este blog tem o objetivo de aproximar-me mais de você amigo blogueiro e através do mesmo compartilhar idéias, artigos interessantes, fotos, poemas e pensamentos. Desde já agradeço pelo teu prestígio, companhia e comentários. Sejam Bem Vindos!



domingo, 12 de dezembro de 2010

Nasce a idéia, cresce a idéia e a idéia se forma

Desde meus 10 anos de idade, passei a ler e colecionar exemplares de jornais e revistas evangélicos,  especialmente o Mensageiro da Paz e A Seara, periódicos editados pela CPAD (Casa Publicadora das
Assembléias de Deus). Também passei a adquirir livros que contavam histórias das igrejas, bem como biografias de pastores e personagens evangélicos que se destacaram. Com isso adquiri o gosto.

Devido ao fato de estar sempre ligado aos acontecimentos de minha igreja, a Assembléia de Deus, tanto em nível regional, como nacional, passei a anotar em cadernos ou agendas pessoais, alguns fatos importantes que aconteciam. Eu fazia aquelas anotações sem saber prá que. Quem sabe no futuro eu iria precisar delas? Jamais imaginava escrever algum livro. Isso era coisa que nunca passou pela minha mente, pois achava que não tinha capacidade e sabia das dificuldades que enfrentaria. Livro é algo para um escritor com experiência, e eu... pobre de mim! Quanta prentensão!

Lá pelos meados de 1997, em conversa com o pastor presidente das Assembléias de Deus Campo de Coronel Fabriciano e Ipatinga Pr. Antônio Rosa da Silva, mostrei-lhe a necessidade de fazermos algo, que pudesse marcar o Jubileu de Ouro da igreja que ocorreria em julho de 1998. Falei com o pastor que talvez pudéssemos fazer uma revista especial, com bastante fotos, ilustrando a nossa história no Vale do Aço. Como em anos anteriores, eu já houvesse elaborado alguns boletins para a igreja e também pelas informações e dados que possuía, não achava difícil editarmos uma revista para o Jubileu.

Já no início do ano de 1998, enviei ao ministério da igreja uma carta, apresentando minha disposição em fazer uma revista ou quem sabe um livro contando a história das Assembléias de Deus no Vale do Aço. Paralelo ao envio da missiva, também apresentei o projeto de como seria a elaboração do livro. A resposta que tive foi que o ministério queria que editássemos o livro histórico, e prá isso começamos a trabalhar juntando o material: fotos históricas, depoimentos de crentes antigos, entrevista com obreiros veteranos.

Foram dezenas de horas de pesquisa, viagens para realização de entrevistas, vários deslocamentos para fotografar os templos da região, fora o tempo gasto na digitação e revisão. Sempre com muito apoio da minha família e em especial minha esposa Dalva que sempre estava disposta a segurar as barras, pepinos e todo tipo de problemas na minha ausência. Um trabalho totalmente voluntário, para honra e para Glória de Deus. Pois se hoje a igreja Assembléia de Deus tem respeito e um nome forte e consistente foi porque no passado haviam homens que largaram tudo em prol da obra de Deus. Evangelismo. Primeiro amor. E finalmente o livro ficou pronto.


No dia 1º de outubro de 1998, durante a grande festa de abertura das comemorações do Jubileu de Ouro, no Templo Central da AD em Coronel Fabriciano, fizemos o lançamento da obra. Foi me dado a oportunidade para falar sobre a idéia do livro, fiz os devidos agradecimentos e na ocasião fiz a entrega simbólica de um exemplar ao Pastor Antônio Rosa da Silva e pedi para ele entregar um livro ao Pastor Anselmo Silvestre, presidente da Convenção Estadual, que nos honrava com a sua presença. O livro “Assembléias de Deus do Vale do Aço – 50 anos”, é rico em ilustração fotográfica, inúmeras biografias, além de uma retrospectiva histórica das Assembléias de Deus no Brasil e sua chegada ao Vale do Aço. Ainda é possível encontrar alguns exemplares da primeira edição.








Ainda sou e sempre serei grato a Deus pela oportunidade de fazer algo concreto para Sua obra. Quem diria que eu Jacó, nascido de uma família pobre e sem instrução, lá no interior de Minas Gerais, um dia escreveria um livro. Mas Deus já sabia, antes mesmo do meu nascimento.

Mas Deus ainda teria muito mais para mim....

2 comentários:

  1. Na minha opiniao o texto ficou excelente. Consistente, objetivo e esclarecedor!

    Parabens!

    ResponderExcluir
  2. Bom...Comentário da Débora é muito suspeito..rsrs
    Mas ela tem razão..Excelente postagem...
    Que o Senhor continue te iluminando amado irmão, capacitando-o para essa boa obra, tão necessária diante da tecnologia do mundo atual, porém pouco valorizada pelos líderes cristãos...
    Estou contigo...
    Grande abraço!

    ResponderExcluir